Thursday :: 24 / 04 / 2014

Mais REGISTO | TRADUTOR | MIRÍADA X MAPA DO SITE

Provas de acesso ao Ensino Superior


 exames nacionais 

 

Devem inscrever-se para a realização de exames nacionais ou exames a nível de escola equivalentes aos exames nacionais e de exames/provas de equivalência à frequência do ensino secundário os estudantes:

- Que tenham de realizar exames para a aprovação em disciplinas dos seus cursos de ensino secundário;


- Que pretendam realizar melhoria de nota de disciplinas do ensino secundário em que já obtiveram aprovação;


- Que pretendam realizar provas de ingresso.


Atenção: A inscrição nos exames do ensino secundário está, naturalmente, condicionada à satisfação das condições fixadas nos diplomas legais aplicáveis (Regulamento dos exames do ensino secundário, n.º 7, entre outros).


Pode obter informações mais completas junto da sua escola de ensino secundário.

 

Inscrição para exames para conclusão do ensino secundário

Os estudantes dos cursos científico - humanísticos (Decreto-Lei n.º 74/2004, de 26 de Março) quer sejam internos quer sejam autopropostos, realizam obrigatoriamente exame final nacional na disciplina de Português da componente de formação geral, na disciplina trienal e nas disciplinas bienais da componente de formação específica.

Os estudantes dos cursos do ensino secundário - 12.º ano dos cursos gerais (Decreto-Lei n.º 286/89, de 29 de Agosto) quer sejam internos quer sejam externos ou autopropostos, realizam obrigatoriamente exame em todas as disciplinas terminais do 12.º ano sujeitas ao regime de exame final.


A inscrição para exame é obrigatória para todos os alunos, mesmo para os alunos em regime de frequência (alunos internos).


Estudantes dos cursos do ensino secundário - cursos gerais e cursos tecnológicos


Para concluir um curso do ensino secundário os alunos têm de obter aprovação em todas as disciplinas do respectivo plano de estudos.


A aprovação nas disciplinas destes cursos não sujeitas à realização de exame final pode obter-se por frequência ou por exame de equivalência à frequência. Nos cursos gerais, a aprovação nas disciplinas sujeitas a exame final pode obter-se por exame a nível de escola equivalente ao exame nacional ou pela realização do exame final nacional.


Considera-se aprovado numa disciplina o aluno que na respectiva classificação final (CFD) obtenha, pelo menos, 10 valores (numa escala de 0 a 20).


Quais as provas de ingresso em que cada estudante deve realizar exames?

As provas de ingresso para acesso a um curso num determinado estabelecimento de ensino superior são as provas definidas por este para, com base nas classificações obtidas em exame nacional e em combinação com outros factores, seleccionar e seriar os candidatos ao ingresso nesse curso.


Cada estudante deve realizar as provas de ingresso exigidas pelos estabelecimentos de ensino superior para os cursos a que pretende concorrer.


As provas de ingresso exigidas para cada curso de ensino superior em cada estabelecimento de ensino são as fixadas pelas instituições, indicadas na página da Internet www.dges.mctes.pt.


 
É exigida uma classificação mínima nas provas de ingresso?

As instituições de ensino superior exigem uma classificação mínima nos exames prestados como provas de ingresso, fixada num valor igual ou superior a 95 pontos na escala de 0 a 200 (n.º 2 do art.º25.º do Decreto-Lei n.º 296-A/98, de 25 de Setembro, alterado pelo Decreto-Lei n.º 26/2003, de 7 de Fevereiro).


As classificações mínimas exigidas para acesso a cada par estabelecimento/curso são divulgadas no Guia da


Candidatura ao Ensino Superior Público e no Guia da Candidatura ao Ensino Superior Privado, referidos no n.º 29.


Quando se realizam os exames?


-
1ª fase - Chamada única: 16 a 23 de Junho

-
2ª fase - Chamada única: 13 a 16 de Julho

 

 

 

 

 

 

 

 

 

  teste 

Podes consultar aqui todos os exames nacionais de anos anteriores.


Provas de acesso para alunos maior de 23 anos

Podem inscrever-se para a realização das provas especialmente adequadas destinadas a avaliar a capacidade para a frequência dos cursos superiores os candidatos que completem 23 anos de idade até ao dia 31 de Dezembro do ano que antecede a realização das provas.

Estas provas são elaboradas e avaliadas pela instituição de Ensino Superior a que o candidato concorre. Não são admitidos à inscrição para realização das provas os maiores de 23 anos que sejam titulares de habilitação de acesso ao ensino superior.

Para informações específicas sobre os Exames Nacionais, consulta o Dossier Universia:
 

Inscrição para a realização dos exames nacionais

Aprovação num curso do ensino secundário

Calcular a classificação final de uma disciplina

Disciplinas que obrigam a realização de exame final nacional

Disciplinas que obrigam a realização de exame final


Calcular a classificação final de uma disciplina
(DL n.ο 74/2004, de 26/03)

Calcular a classificação final de uma disciplina
(DL n.ο 74/2004, de 29/08)

Classificação final dos cursos para efeitos de acesso ao ensino superior

Inscrição para exames para conclusão do ensino secundário

 

Imprimir Imprimir Enviar a un amigo Enviar amigo PDF PDF Traducir Traducir

Compartir: Delicious Digg Facebook Googlebookmarks Meneame Tecnorati Wikio Yahoo

Publicidad